Como a madeira pode impactar no futuro da construção civil

Como a madeira pode impactar no futuro da construção civil

Atualmente, com a expansão da demanda de moradia em metrópoles brasileiras, a verticalização das cidades se tornou uma solução para o problema. Outras soluções mais comuns demandam um tempo muito grande.

A construção de edifícios se tornou uma ação necessária para solucionar a falta de moradia junto com o crescimento das cidades.

Estudos feitos no Instituto de Ciência, Engenharia e Tecnologia, comparou estruturas mais comuns no segmento da engenharia civil: estruturas de madeira, metálicas, concreto armado, concreto protendido e estruturas de alvenaria. 

De todos esses materiais listados no parágrafo anterior, a madeira é o único material que é considerado renovável, ou seja, é o material que proporciona a sua reutilização para outros fins. 

A crescente preocupação com o meio ambiente e com o futuro, leva a sustentabilidade a ser um dos tópicos mais importantes ao projetar uma nova edificação, fazendo total diferença no impacto no futuro da construção civil.

A produção de madeira gera resíduos como pó de serra e cavaco, itens que podem ser aproveitados como produtos secundários ou como fontes de energia.

Já o consumo de água e energia nessa produção, é muito baixo quando comparado ao consumo na produção de cimento, aço ou alumínio. 

Outro ponto a ser levado em consideração é a emissão do poluente CO2, que na produção de madeira é desconsiderado. Já que madeira, no seu processo de crescimento, sequestra CO2, e a  quantidade absorvida pela é maior ou igual à quantidade de CO2 emitida em sua produção. 

O fator desmatamento não deve ser considerado na hora de se usar a madeira como material de construção, visto que a espécie de madeira que mais se utiliza nas estruturas é o pinus ou o eucalipto, espécies comumente utilizadas para o reflorestamento.

E por fim, todo o território brasileiro pode ser feito o plantio da madeira, e também é possível encontrar serrarias de desdobro, especializadas no processo de redução da tora de madeira. Nas regiões sul e sudeste, a madeira é um material local, diminuindo o tempo e custo de transporte do material até as serrarias, e consequentemente as emissões de poluentes no meio atmosférico.

Com a crescente de moradias nas metrópoles e a constante procura por construções cada vez mais sustentáveis, a madeira é considerada uma ótima alternativa para atender os problemas que as grandes cidades vêm enfrentando atualmente.

A madeira utilizada nas estruturas de edifícios é uma forte aliada para as próximas gerações de construções, pois ela atende a diversos critérios que consideram uma construção sustentável.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Categorias

Mais Sobre Nós

Fique por dentro!

Seja avisado sempre que surgir conteúdo novo!

Veja também: